Blog Ueepa!

Casamentos & Empreendedorismo

Um setor que arranca suspiros de amor e de sucesso nos negócios Voltar ao Início

O setor de casamentos há alguns anos tornou-se uma indústria bilionária. Em 2012, segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Data Popular em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abrafesta), mais de 8 mil empresas atuavam na área oferecendo serviços como organização de eventos, buffet e filmagem de festas. E se você pensou “Então, este setor está saturado”, é preciso repensar!

As possibilidades são inúmeras e Cassiano Clemente, um profissional que já atuava no setor e enxergou além do obvio. “O setor de casamento teve alta no último ano. São mais de 3 mil casamentos por mês em São Paulo, segundo dados dos cartórios”, comenta Cassiano, fundador da empresa Cabine X, criada há cerca de quatro anos.

O empreendedor, antes de iniciar seu negócio, trabalhou 15 anos como fotógrafo - sempre em grandes produtoras de fotografia de casamento. Em 2012, ainda como executivo de uma grande produtora, percebeu a necessidade de serviços diferenciados, que inclusive, já existiam em outros mercados como o norte-americano. E aí, de olho no setor de casamentos, resolveu oferecer serviços de automação fotográfica. O primeiro investimento foi de R$ 15.000,00 para a compra de uma impressora e montagem de todo o equipamento.

Inicialmente, Cassiano, como qualquer outro empreendedor, enfrentou dificuldades. “Os maiores obstáculos eram por conta da tecnologia e do investimento inicial”, comenta ele. A criação do produto almejado gerou a necessidade da construção de software, marcenaria e compra de equipamentos eletrônicos. E após terem um produto definido nas mãos, partiram para as parcerias comerciais e a criação de uma demanda. “Na ocasião, eu ainda era executivo comercial de uma grande produtora, contratei uma pessoa para cuidar do operacional da Cabine X e, com autorização de meus chefes à época, todos os vendedores da empresa passaram a vender também meu produto” lembra Cassiano “Em princípio, pensei que ficaria uns 2 anos conciliando ambos os trabalhos, mas logo a Cabine X tomou corpo e precisamos alugar um escritório e ganhar vida própria”.

O ano de 2015 foi um ano difícil para o Brasil. O setor de casamentos assim como outros sentiu, porém um bom empreendedor busca sempre soluções inteligentes. “Foi um período de muito trabalho. Os casamentos acontecem seja de uma forma mais simples ou mais rebuscada. Notamos que houve uma redução no número de convidados e na contratação de alguns serviços. Nossa estratégia para conseguir crescer foi investir em novidades e não repassar aumentos que sofremos com a alta do dólar”, conta Cassiano Clemente. Assim, mesmo diante as dificuldades de 2015, a empresa obteve um crescimento de 30% em relação a 2014. E os famosos totens fotográficos da empresa Cabine X foram contratados para 368 festas, o que gerou um faturamento de quase 100 mil reais mês.

Atualmente, a empresa conta com uma linha de 6 produtos, com tamanhos e interações diferentes, mas sempre com a mesma proposta. Ou seja, podem oferecer impressão de foto via instagram, impressão de foto da câmera ou ainda projeção das fotos em telões. Além disso, a empresa tem hoje um produto exclusivo que é o Smart X, um totem em formato de Iphone que não tem fio - todo a bateria. O promotor veste o equipamento e circula pela festa tirando fotos e imprimindo. A ideia que começou focada no setor de casamento, ganhou grandes proporções. “Este ano vamos direcionar nosso produto para outro setor, estamos desenvolvendo um produto para maternidades. Além disso, em maio está programado o lançamento de uma nova cabine, uma cabine com efeito "Chroma Key", em que o convidado poderá escolher o fundo da fotografia”, conta Cassiano. A empresa conta hoje com 5 funcionários diretos e cerca de 20 colaboradores. O atendimento é dado a todo Brasil, porém a sede da empresa está localizada em Moema, na cidade de São Paulo.

Conselhos de um empreendedor de sucesso!

Procurem instituições que os auxilie, estudem o mercado em que quer atuar, tenham um bom plano de negócios e se preparem para trabalhar muito.

© 2024 Ueepa!